Envie uma mensagem
Fale
via chat
Fale via whatsapp
BLOG

Sustentabilidade na construção civil; por que se preocupar com isso?

31/01/2020
ASSINE NOSSA NEWSLETTER:

A preservação do meio ambiente e a preocupação com a manutenção dos recursos naturais têm sido uma grande prioridade dentro do mercado imobiliário. Diante desse cenário positivo, investir em estratégias de sustentabilidade na construção civil se tornou uma tendência real e que vem chamando a atenção de engenheiros e arquitetos.

Pensando nisso, este artigo vai apresentar as principais questões sobre a importância de investir em práticas de sustentabilidade na construção civil. Acompanhe a leitura!

A importância da sustentabilidade na construção civil

A sustentabilidade implica várias estratégias dentro do setor de construção. Essa prática envolve o uso de recursos naturais de forma comedida e eficiente. Afinal, a realização de uma obra causa influência direta na natureza, uma vez que esse tipo de procedimento imobiliário engloba a geração de resíduos, o despejo de dejetos no canteiro de obras e a extração de matéria-prima e demais recursos.

Portanto, todo cuidado é necessário para preservar o meio ambiente e evitar impactos negativos. Assim, a sustentabilidade deve ser considerada muito além do viés ecológico. O conceito abrange outros pilares: ecologia, economia e sociedade.

Nesse sentido, a construção civil deve focar não apenas os projetos imobiliários, mas também no resultado final que esse investimento vai trazer, sempre considerando os impactos ambientais que os projetos poderão causar no meio e na sociedade.

Projetos mais sustentáveis de construção civil

O setor da construção civil pode trazer muitos danos ambientais. No entanto, é possível reverter essa situação e deixar a obra mais sustentável. Confira os principais exemplos nesse sentido de estratégias de redução de desperdícios.

Reaproveitamento da água no canteiro de obras

A água é um dos recursos mais importantes em uma obra. Afinal, ela é necessária durante todas as etapas da execução de um projeto no setor da construção civil. Nesse sentido, é possível investir na economia e no reaproveitamento desse recurso natural.

Isso pode ser feito por meio da instalação de um sistema hidráulico de captação dá água de chuvas ou, então, por meio da construção de um canteiro ou sistema de calhas que tenham o papel de fazer o recolhimento da água e mantê-la armazenada em compartimentos adequados para que seja utilizada depois.

Iluminação mais sustentável

O uso de lâmpadas LED é melhor, pois elas são mais luminosas e duráveis que as opções tradicionais, além de reduzirem os custos com manutenção e não esquentarem tanto o ambiente. Da mesma forma, opte por aproveitar as áreas onde incide a iluminação natural do sol. É possível investir no uso de telhas transparentes para aproveitar a luminosidade dos raios do sol.

Investimento em fontes renováveis

A economia de energia elétrica pressupõe a utilização de fontes renováveis. Nesse sentido, a energia elétrica que é produzida em hidro e termelétricas apresenta um grande impacto ambiental.

Diante desse cenário, é possível tornar a obra mais sustentável por meio das seguintes medidas:

  • tirar equipamentos conectados da tomada nos momentos em que não estiverem sendo usados;
  • usar aparelhos econômicos que consomem menos energia.

Sistema de aquecimento solar

O uso de placas e painéis solares tem a função de fazer captação da energia do sol. Nesse sentido, o sistema de aquecimento solar usa a luz solar como fonte potencial de calor. Nesse sentido, a captação de energia solar pode gerar a eletricidade (por meio de um sistema de geração fotovoltaica) e também pode aquecer a água (energia térmica).

Planejamento sustentável com materiais biodegradáveis

É importante fazer todo o planejamento da construção. Nesse sentido, a escolha de materiais biodegradáveis é importante para manter o equilíbrio da natureza ao redor da construção, uma vez que esses itens são menos poluentes e se decompõem naturalmente no meio ambiente, além de reduzir o volume de resíduos tóxicos que são liberados durante a obra.

Os maiores exemplos de materiais biodegradáveis utilizados na construção civil são:

  • cortiça;
  • areia do deserto;
  • linóleo;
  • bioplásticos;
  • micélio;
  • placa de fibra de alta densidade do tipo MDF (Medium Density Fibreboard);
  • telhado verde (camada vegetal na laje da edificação sobre uma base impermeabilizada de PVC);
  • tinta ecológica que é feita a base de matérias-primas, como óleos e corantes;
  • bambu (é bastante resistente e visualmente atraente);
  • bioconcreto (material resistente e consistente que aproveita os resíduos da própria obra em substituição à tradicional areia e a brita);
  • telhas ecológicas (feitas com fibras vegetais ou papel reciclado).

As vantagens da sustentabilidade na construção civil

O uso racional de materiais na construção civil pressupõe priorizar as fontes alternativas de geração de energia e preservar os recursos naturais, reduzindo o impacto no ambiente e diminuindo os custos operacionais. Conheça os benefícios de optar por meios sustentáveis.

Concessão de incentivos fiscais

O governo oferece incentivos fiscais para as construtoras que adotarem práticas sustentáveis em suas obras. Um exemplo é a instituição do IPTU verde, um benefício que concede descontos que variam de 5% a 20% sobre o valor do imposto para imóveis que fazem o uso racional dos recursos naturais.

Proporciona maior custo-benefício

As construções sustentáveis utilizam materiais reciclados, e seus construtores estão preocupados com a utilização racional dos recursos naturais. Como consequência lógica, há uma diminuição das tarifas, como a conta de energia elétrica e de água. Afinal, o uso de tijolos, telhas e revestimentos reciclados apresenta um custo menor de que aqueles materiais tradicionalmente vendidos em lojas, além de serem mais resistentes.

Traz mais conforto para o ambiente

As construções sustentáveis costumam oferecer maior conforto e praticidade aos moradores. Isso porque os materiais que são utilizados fazem o isolamento térmico e garantem maior equilíbrio da temperatura ambiente, diminuindo a necessidade do uso de ar-condicionado e sistemas de aquecimento do ambiente. Além disso, eles proporcionam maior isolamento acústico e priorizam a iluminação natural, em detrimento de lâmpadas.

O investimento em práticas de sustentabilidade na construção civil é uma excelente estratégia para valorizar o imóvel e trazer mais conforto e praticidade para os moradores. Além de tudo, o ambiente ganha um visual moderno e inovador. Portanto, priorize esse tipo de construção e você verá os resultados!

Entendeu a importância de investir em sustentabilidade? Quer saber mais sobre o assunto? Então, conheça as principais tendências de inovação para o ramo da construção civil!


ASSINE NOSSA NEWSLETTER: