Envie uma mensagem
Fale
via chat
Fale via whatsapp
BLOG

Saiba o que é portaria remota e as vantagens de usá-la

09/12/2019
ASSINE NOSSA NEWSLETTER:

A crescente violência assusta, principalmente nos grandes centros urbanos, e a busca por alternativas de segurança representa uma forma de trazer a tranquilidade de volta ao lar. Atualmente, os residenciais com serviços de condomínio estão investindo pesado em portaria remota para agregar controle ao fluxo intenso de veículos e pessoas que entram e saem do local. Mas você conhece essa solução?

O post de hoje é dedicado a esclarecer as principais dúvidas que você possa ter acerca do tema. Então, descubra a partir de agora o que é portaria remota, como ela funciona, suas principais vantagens e, claro, como torná-la mais eficiente. Continue lendo!

O que é a portaria remota?

A portaria remota representa um meio de controlar o fluxo de entrada e saída de pessoas e veículos de um residencial, ou de uma empresa, à distância.

Isso quer dizer que a solicitação de abertura e fechamento dos portões, bem como o monitoramento de movimentos, pode ser feita via interfone, e o acionamento dado por meio de uma central, com um profissional a quilômetros do local.

Como funciona a portaria remota?

Por meio de sensores de presença e um circuito interno de câmeras, o profissional responsável pelo gerenciamento da portaria consegue visualizar quem se aproxima dos portões e solicita sua abertura.

Se houver a necessidade de uma comunicação direta, um interfone com sistema de voz exclusivo pode ser utilizado. Todo o sistema funciona de forma integrada, enviando e recebendo dados em tempo real via internet para a central de monitoramento.

O sistema segue um padrão rígido de segurança e os profissionais são treinados para lidar com qualquer tipo de situação, obedecendo a um conjunto de procedimentos previamente definidos e orientando os moradores no que deve ser feito.

Seja um residencial, seja uma empresa, as pessoas que frequentam o local recebem autorização para o acesso automático, com cadastro de biometria, e manual, via reconhecimento facial dos profissionais na central de monitoramento.

Todos os vídeos e comunicações estabelecidas via interfone são gravados automaticamente pelo sistema e armazenados em um banco de dados com backup de segurança. Esses arquivos podem ser acessados sempre que houver uma necessidade investigativa por parte do condomínio.

O sistema também oferece controle anticlonagem da garagem, o que torna a entrada e saída de veículos muito mais rápida e sempre supervisionada via monitores de vídeo.

Quais são as vantagens da portaria remota?

A alternativa representa um novo método para o gerenciamento de portarias residenciais e empresariais no Brasil e, devido às vantagens que oferece, vem sendo cada vez mais implementada. Veja agora os principais motivos!

Ajuda na redução de custos

Com a estruturação de um sistema integrado e online, boa parte dos controles pode ser automatizada. O que precisar ser feito manualmente é compartilhado com equipes de profissionais remotos.

Em razão disso, a central consegue monitorar diferentes portões e condomínios simultaneamente, reduzindo custos com a contratação, transporte e alimentação de porteiros, além de receber uma mão de obra mais qualificada.

Com uma economia considerável na folha de pagamento, o síndico pode investir no reforço da segurança local, na melhoria de outras áreas do residencial, como o lazer, ou simplesmente diminuir a taxa de condomínio.

Aumenta a segurança

Além de diminuir o passivo trabalhista do condomínio, a portaria remota amplia a segurança do local usando a tecnologia a seu favor. Um software específico realiza a integração dos equipamentos de áudio e vídeo, centralizando as funções em um painel de controle hospedado na nuvem.

Dessa forma, os moradores, visitantes, entregadores e prestadores de serviços que entram no condomínio são monitorados em tempo real por câmeras fixas e móveis posicionadas em pontos estratégicos.

Além disso, essa alternativa elimina a possibilidade de rendição dos porteiros. Assaltos em condomínios costumam ter início com o controle da portaria, mas, com uma assessoria virtual, os indivíduos são rapidamente identificados e não conseguem executar seus planos.

Oferece conveniência

Qualquer problema ou situação de risco identificado pelos moradores e pelos porteiros de plantão na central pode ser comunicado pelo interfone, que fica localizado no portão de passagem de pedestres e no portão da garagem.

Como a central de monitoramento conta com uma equipe de profissionais atenta e ágil, assim que a ocorrência é notificada, outro profissional atua no acionamento de um suporte técnico ou da polícia para visitar o local. Tudo é feito de maneira bem rápida e conveniente para os moradores do condomínio.

Funciona 24 horas

Outra grande vantagem da portaria remota é que ela pode funcionar em tempo integral, dispensando porteiros e guardas-noturnos. Nessas horas, quando o interfone tocar, um operador da central deve atender, liberar ou não a entrada do solicitante e acompanhar os seus movimentos enquanto estiver nas dependências do residencial.

Se faltar energia e a comunicação for interrompida, o sistema entra em estado de contingência, acionando geradores e pontos de internet auxiliares, para que o funcionamento da portaria não fique comprometido.

Nos casos mais extremos, um profissional é encaminhado ao condomínio para operar a portaria de forma manual e presencial até que as condições normais sejam restabelecidas.

Reduz falhas

A portaria remota conta com muitos olhos observando tudo ao mesmo tempo. Com isso, os profissionais podem cobrir uma área bem maior de vigilância e eliminar pontos cegos, o que diminui brechas para falhas na segurança.

Além disso, tudo o que é visto ou relatado é documentado em um sistema de registros. Os relatórios com as informações ficam arquivadas na central e, assim como as imagens gravadas, podem ser disponibilizadas para a verificação de pessoas e veículos que entraram no condomínio em dias e horários específicos.

Como tornar a portaria remota mais eficiente?

É importante lembrar que, dependendo do tamanho do condomínio e de outros fatores, a portaria remota não dispensa totalmente a necessidade de contratações de profissionais para atuarem no local.

Como eles são de responsabilidade do residencial, o síndico deve escolher bem os candidatos, pois, além da experiência e conhecimento na área, o profissional deve ser capaz de trabalhar em equipe e de forma colaborativa com os serviços de portaria remota.

O condomínio também deve oferecer uma infraestrutura adequada, como a instalação de sistemas de câmeras e de áudio com boa qualidade. Todos esses cuidados devem facilitar o trabalho de monitoramento e tornar a portaria remota mais eficiente.

Como pôde ver, a portaria remota é a evolução das portarias tradicionais e, considerando que o índice de criminalidade no país é alto, ela pode trazer mais conforto e tranquilidade para os moradores condominiais.

Gostou da novidade? Registre o seu e-mail em nossa newsletter agora mesmo e receba mais informações sobre o assunto!


ASSINE NOSSA NEWSLETTER: