Envie uma mensagem
Chat
online
Fale com um consultor
Fale via whatsapp
BLOG

Conheça quais são as projeções para o mercado imobiliário em 2019

21/12/2018
ASSINE NOSSA NEWSLETTER:

Todo mundo sabe que o mercado de imóveis está sempre em constante mudança, isso porque diversos acontecimentos no cenário nacional acabam afetando essa área de forma positiva ou negativa.

Muita gente que quer investir em imóveis fica com medo por não saberem como estará o ramo, por isso vamos discutir um pouco as projeções para o mercado imobiliário no próximo ano.

Tanto as crises econômicas quanto a grande comoção política provocada pelas eleições podem influenciar bastante na movimentação do mercado imobiliário, que atualmente tem estado em retração.

Continue por aqui e veja o que podemos esperar sobre o mercado imobiliário no ano de 2019, bem como a atual baixa que influenciou os grandes investidores em imóveis. Vamos lá?

Como está o mercado atualmente?

Nos últimos anos, o mercado imobiliário residencial teve uma redução de cerca de 50% do seu volume máximo, se comparado com o que foi atingido em 2013, durante a última recessão que aconteceu no país. No atual cenário ele se encontra em apenas 60% do que era há cinco anos, segundo estimativa feita pelo Departamento Econômico do Bradesco.

Por conta dessa baixa, diversos investidores, famílias, bancos e empresas acabaram endividados, uma vez que o mercado não dava o retorno e nem tinha muita circulação de capital.

Porém, no início de 2017, percebeu-se uma retomada das vendas de imóveis residenciais, o que foi acelerando aos poucos em 2018 e tem grande tendência para o avanço trazendo melhorias em 2019.

Os motivos para essa mudança está na recuperação dos depósitos em poupança, que são usados como recurso para aprovação de financiamentos. Além disso, os bancos também aumentaram a vontade em oferecer crédito imobiliário. Esses passos trazem uma garantia real para o comprador e impulsionam a retomada do mercado.

Quais as projeções para o mercado imobiliário?

Não é mistério para ninguém que o mercado imobiliário tem operado em ciclos, por conta da consequente crise que o tomou nos últimos anos. Porém, alguns pontos do cenário atual trazem grandes expectativas sobre o que podem vir a ser em 2019.

Os juros, que têm estado em queda desde 2016, trazem excelentes projeções para o próximo ano. Uma vez que, com isso, o crédito imobiliário fica mais barato tanto para realizar construções e incorporação como para a compra de imóvel.

Houve também o aumento do teto de financiamento feito pela Caixa Econômica Federal, que atrai muitos compradores para financiar a casa própria com juros reduzidos.

É nessa perspectiva de crédito barato que as projeções vêm se sustentando para nova fase de crescimento do mercado imobiliário no Brasil. O cenário gira em torno de taxas de 8% e uma inflação estabilizada entre 3% a 4%.

Porém, por conta dos problemas econômicos e da turbulenta movimentação política que ocorreu durante todo o ano de 2018, a consolidação dessa mudança só vai ganhar corpo em 2019 mesmo, que é quando algumas incertezas vão ser concretizadas ou não.

Qual a influência das eleições no mercado imobiliário?

Não dá para negar que as eleições de 2018 geraram grandes comoções em todo o país. Contudo, com o resultado que teve, muitos especialistas acreditam que o mercado imobiliário voltará a inspirar confiança para a população.

O presidente eleito traz um discurso mais reformista, que agrada grande parte dos empresários e investidores em imóveis. Toda a crise que foi consolidada no governo passado e no atual provocou um pessimismo em toda a área. Sendo assim, a expectativa de mudança gera boas projeções para o ano que vem.

Quem compra imóveis pode ter boas opções por conta das mudanças que já vêm acontecendo. E quem vende também terá bons negócios pela procura de imóveis, que tende a crescer agora com a mudança de governo, afinal os investidores apostarão muito no ramo.

Entretanto, ainda não se sabe ao certo como será. O mercado imobiliário tem um grande desafio pela frente, afinal de contas, a atual legislação do país não foi muito propícia para ele.

Para realmente acontecer mudanças, é necessário que no próximo governo seja efetivado o destravamento de leis e reformas, que impactam diretamente o setor e precisam ser discutidas, aprovadas ou reprovadas no congresso. A reforma da previdência é uma delas.

E com relação ao preço dos imóveis?

É de se esperar que com a maior procura para aquisição dos imóveis, o preço deles despenque. Especialistas apontam que esse fato pode ser consolidado, ainda mais se for efetivado o bom uso do FGTS em financiamentos feitos pela Caixa Econômica Federal.

Os estudiosos do mercado imobiliário acreditam que a instituição financeira deve financiar toda a expansão que o mercado atingirá nos próximos anos, e uma das fontes de recurso que deve ser amplamente utilizada é o Fundo de Garantia.

Outro fator que aponta para a mudança dos preços dos imóveis é que as incorporadoras e construtoras têm conseguido atingir o nicho do mercado composto pelas classes B e C. Isso porque elas têm se atualizado e buscando suprir as necessidades do público brasileiro. Porém, dependendo das propostas do novo governo, esse cenário pode mudar ou não.

É fato que um mercado em recuperação de crise econômica traz grandes expectativas. As construtoras estão competindo por clientes e oferecendo muitas mudanças nas condições de pagamento e nos preços dos seus imóveis. As empresas estão dispostas a realizar os melhores negócios com seus clientes.

Visto isso, é essencial que os brasileiros se preparem para o próximo ano, ainda mais aqueles que têm a intenção de investir em imóveis. Isso porque a eleição não muda somente o comando do país, ela altera também a postura que as empresas adotam diante da nova situação política.

Por fim, antes de apostar em grandes investimentos em imóveis, espere para ver como será o início do ano de 2019, veja como estará a situação do mercado imobiliário e se ele estará consolidado positivamente como as projeções têm mostrado. Só assim, você vai conseguir decidir o melhor momento tanto para comprar como para vender imóveis.

Agora que você já sabe quais as possibilidades de mudança que podem acontecer, chegou a hora de se preparar e esperar para ver o que o próximo ano nos aguarda.

Gostou de conhecer um pouco sobre as projeções para o mercado imobiliário para 2019? Ficou interessado em ver outros conteúdos como esse? Então siga as nossas redes sociais: Facebook, Instagram, TwitterYouTube e LinkedIn para continuar nos acompanhando!

ASSINE NOSSA NEWSLETTER: