Envie uma mensagem
Chat
online
Fale com um consultor
Fale via whatsapp
BLOG

Como as soluções compartilhadas ajudam na valorização de imóveis?

02/10/2019
ASSINE NOSSA NEWSLETTER:

O conceito de soluções compartilhadas é uma característica que contribui diretamente para a valorização de imóveis, além de ser um diferencial que traz praticidade e economia aos usuários.

Trata-se de uma espécie de multipropriedade imobiliária que possibilita o compartilhamento de áreas e cômodos de um imóvel, levando em consideração o pagamento de uma quantia proporcional ao seu tempo de uso.

Ficou interessado em saber mais sobre o assunto? Neste artigo, vamos abordar as principais questões envolvendo as soluções compartilhadas em imóveis, explicando para que elas servem e como funcionam. Continue a leitura!

O que são soluções compartilhadas?

As soluções compartilhadas se referem a frações de um imóvel que são divididas para que vários usuários diferentes possam usar e usufruir de cada espaço por determinado período de tempo e conforme as regras de uso.

Essa visão moderna de aquisição de imóveis foi formalizada por meio da Lei de multipropriedade (Lei nº 13.777/2018), que define o conceito como:

“Multipropriedade é o regime de condomínio em que cada um dos proprietários de um mesmo imóvel é titular de uma fração de tempo, à qual corresponde a faculdade de uso e gozo, com exclusividade, da totalidade do imóvel, a ser exercida pelos proprietários de forma alternada.”

Como as soluções compartilhadas funcionam?

O sistema de solução compartilhada é muito usado em ambientes de trabalho ou coworking, cozinhas compartilhadas e imóveis turísticos destinados para o lazer e temporadas de férias.

Nesse sentido, o usuário paga somente pelo tempo correspondente que utilizou. Podemos dizer que, dependendo do caso, há uma comunhão de propriedade ou posse entre os usuários. Os maiores exemplos de soluções compartilhadas são os coworking, cozinhas de uso coletivo e outros espaços em comum.

Esse tipo de solução se baseia na tecnologia e garante que os consumidores comprem ou aluguem o imóvel a um custo menor do que o tradicional que é definido pelo mercado imobiliário. É uma estratégia de investimento inteligente, uma vez que a negociação é mais rápida e sem tantas burocracias, traz economia e reduz os problemas de uma compra tradicional.

A grande diferença é que o imóvel, em si, apresenta vários donos — e cada um pagou somente por uma fração do valor total da propriedade. Assim, eles têm acesso a áreas comuns e podem usufruir desses ambientes em todas as ocasiões, conforme consta no contrato. No entanto, cada um tem pleno direito de ser o único a desfrutar da sua área privativa — e paga por isso.

Quais são principais soluções compartilhadas que estão sendo implementadas em imóveis?

As soluções compartilhadas vêm ganhando cada vez mais destaque no setor imobiliário. Confira as principais!

Coworking

O coworking consiste em um espaço amplo, com salas que são usadas para o exercício da profissão. É uma espécie de escritório compartilhado no qual são disponibilizados os recursos e a estrutura necessária para que o profissional consiga desempenhar as suas funções da melhor forma possível.

Assim, o profissional define o espaço que deseja ocupar e escolhe os seus horários em que vai atuar. Assim, ele ficará responsável pelo pagamento de uma taxa mensal fixa e também por uma tarifa com o valor equivalente ao tempo pelo qual utilizou aquele ambiente.

Confira as vantagens de um coworking:

  • infraestrutura completa: desde a recepção até os equipamentos necessários para um bom atendimento aos clientes e pacientes;
  • flexibilidade: o profissional determina os horários em que vai utilizar o local. Assim, ele pode organizar a sua agenda com mais maleabilidade;
  • interação entre os profissionais: há maior interação entre os usuários do espaço e o consequente estabelecimento de uma rede de contatos (networking);
  • mais economia e corte de despesas: os custos são divididos entre todos os usuários que executam as suas funções no local, conforme o tempo de uso de cada um.

Carros elétricos

O compartilhamento também chegou aos carros elétricos para fins de transporte urbano. Essa funcionalidade possibilita o uso de veículos, de forma particular, por um determinado período. O valor costuma ser tarifado conforme cada minuto de uso. Trata-se de uma maneira prática e versátil de otimizar a rotina.

Espaços em comum

A convivência em ambientes compartilhados, conhecida como coliving, apresenta uma proposta de socialização e divisão equitativa de gastos. Trata-se de espaços que são compartilhados por indivíduos e até mesmo famílias, geralmente uma casa ou apartamento. É uma forma de economia colaborativa, pois propõe o consumo de maneira mais racional e consciente, além de diminuir os desperdícios.

Bicicletas compartilhadas

O compartilhamento de bicicletas já é uma realidade em várias cidades brasileiras. Basta o indivíduo se cadastrar no site da empresa e escolher o plano que deseja utilizar (diárias, assinatura mensal, trimestral, anual etc). Trata-se de uma solução prática, ágil e eficiente para quem não deseja adquirir uma bike.

O serviço de compartilhamento de bicicletas é tarifado por meio de aplicativos, sem a existência de uma estação física para isso. Então, ele recebe um cartão que deve ser inserido na vaga da bike que escolheu, ou então por meio da digitação de um código que é gerado pelo próprio sistema.

Quais são as vantagens de soluções compartilhadas?

Confira os benefícios de fazer a contratação desse tipo de solução:

  • há uma divisão proporcional dos custos referentes à manutenção do espaço;
  • o preço menor torna o uso do espaço mais acessível (isso é importante, pois, muitas vezes, o usuário não tem condições de arcar com todas as despesas de forma individual);
  • traz segurança jurídica;
  • proporciona um melhor aproveitamento dos recursos físicos e financeiros;
  • garante mais liquidez financeira, pois não é necessário destinar todo o capital a essa solução;
  • otimiza a utilidade do bem e a ampliação da sua função social;
  • confere o direito de usufruir do espaço ou do bem em períodos determinados.

O uso de soluções compartilhadas é uma ótima forma de facilitar a vida dos usuários, organizar as finanças e proporcionar a valorização de imóveis. Esse modelo vem se tornando uma tendência cada vez mais popular nas cidades brasileiras. De qualquer forma, o recomendado é contar com o apoio de profissionais experientes no ramo e pesquisar bastante sobre o assunto antes de investir nesse tipo de negócio.

Quer adquirir uma solução promissora e vantajosa? Então, conheça as razões que demonstram que vale a pena investir em construções sustentáveis!

ASSINE NOSSA NEWSLETTER: